Biblioteca Pública de Nova Iorque disponibiliza mais de 20 mil mapas

Biblioteca Pública de Nova Iorque disponibiliza mais de 20 mil mapas

Biblioteca Pública de Nova Iorque disponibiliza mais de 20 mil mapas e imagens

Encontrar alguns mapas atuais pode ser um problema, o que dizer então do mapa sanitário de Nova Iorque de 1864? É aí que entra a grandeza do gesto em que a Biblioteca Pública de Nova Iorque disponibiliza mais de 20 mil mapas e imagens do seu acervo, e tudo gratuitamente sob a licença Creative Commons.

Todos os mapas estão disponíveis digitalmente, e o melhor, em alta definição, que é uma das preocupações para consultar um mapa com fidelidade. Eles podem ser visualizados dentro da coleção digital do site da biblioteca, ou baixados em sua qualidade máxima através da ferramenta Map Warper, que também sobrepõe os mapas antigos com sua localização exata atual. Ao final desse artigo disponibilizamos um passo a passo rápido de como utilizar o site.

A Coleção

A maioria dos mapas são americanos, mas existem muitos europeus e de outras partes do mundo. Eles foram digitalizados ao longo de 15 anos em grande parte pela própria biblioteca e também por outras instituições. Eles compreendem períodos entre o século XVI e o o início do século XX. O principal trunfo da coleção é a diversidade de mapas e períodos históricos em que Nova Iorque e seus bairros são detalhados, tornando possível fazer um acompanhamento histórico do desenvolvimento da cidade.

É importante lembrar que o site é todo em Inglês e que as buscas no acervo devem ser feitas nessa língua.

Veja alguns exemplos (não se esqueça de conferir o passo a passo no final):

Como Usar

Para simplesmente visualizar os mapas e outros arquivos, basta entrar na coleção virtual da biblioteca, após buscar o mapa ou imagem pretendidos pode-se refinar a pesquisa na aba na esquerda do site. Os mapas, especificamente, estão em Division > More > Map Division. Para ter acesso a 100% dos recursos do site é necessário criar uma conta. O processo é rápido e pede apenas uma confirmação de e-mail. Após isso todo o acervo estará disponível para ser visualizado e baixado. Uma ferramenta muito interessante é o Map Warper, que sobrepõe mapas antigos aos atuais, permitindo girar, cortar e aplicar transparência na imagem a fim de uma melhor visualização.

Para usar o Map Warper

Primeiro deve-se escolher o mapa fazendo a busca por nome, período histórico, ou até mesmo procurando a localização em um mapa atual da terra:

Biblioteca Pública de Nova Iorque disponibiliza mais de 20 mil mapas

No nosso exemplo vamos utilizar um mapa da Grã Bretanha de 1736

Depois em Rectify adicionar pontos em comum nos dois mapas, para uma maior precisão recomendam-se 3 pontos. Para adicioná-los clique no símbolo azulado na direita superior, para voltar a mover a visualização do mapa, clique na mão. Cada vez que os dois pontos são alinhados é preciso clicar em Add Control Point, centralizado logo abaixo dos mapas. Após posicionado, clique em Warp Image no canto inferior direito e elas serão unidas.

Biblioteca Pública de Nova Iorque disponibiliza mais de 20 mil mapas

O ponto de controle está em azul na parte norte do mapa

Em seguida em preview é possível visualizar a sobreposição e o nível de transparência desejada.

Biblioteca Pública de Nova Iorque disponibiliza mais de 20 mil mapas

Durante o preview é possível aproximar, mover e controlar os layers do mapa clicando no símbolo de + na direita superior

Por último basta exportar o resultado no formato desejado, que inclui PNG, com ou sem o mapa atual. Mas cuidado, as imagens podem ficar grandes e demorar para baixar.

Biblioteca Pública de Nova Iorque disponibiliza mais de 20 mil mapas

Formatos disponíveis para baixar, incluindo PNG. Se não foi feita nenhuma alteração, também é por aqui que os mapas são baixados em sua qualidade máxima

Esperamos que a ferramenta tenha o mapa procurado. A Biblioteca Pública de Nova Iorque recomenda que ao compartilhar o mapa seja creditado com o texto “From The Lionel Pincus & Princess Firyal Map Division, The New York Public Library.”  para que eles possam ter um controle e dados de como os mapas estão sendo utilizados.

Quer manter-se informado sobre novidades e promoções exclusivas aqui no Entre Esquinas? Cadastre-se gratuitamente no formulário abaixo!

Tárcio Leopoldo
Estudante de Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal Fluminense. Não ingressou no curso por jogar muito The Sims, mas sim Age of Empires e outros jogos de estratégia. Acredita que se as cidades são espaços de encontro, a internet é uma grande megalópole.